segunda-feira, 26 de novembro de 2007

UM PERDÃO


Eu não tenho
que tenho te perdoar
pelos não ditos
e por tudo aquilo
que deveria
ter sido calado
e feito ou
não feito
ou desfeito...
Mas preciso
urgentemente
me perdoar
por tudo o que
eu não soube
ouvir
ou pedir
e pelos gestos
que não fiz
e pelos que
fiz
e pelas
palavras
caladas
gritadas
choradas...
Eu tenho
Eu preciso
do perdão
de um
perdão
qualquer
Eu preciso
Me perdoar
por ter nascido
por ter crescido
por ser mulher
por ser humana
por poder
falhar...

(Ouvindo Garbage. Neste momento toca I Think Im Paranoid. A imagem achei na net, achei linda)

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails