segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

ZEN


Algumas horas me separam do dia de amanhã. Não vejo sol ou chuva e nem sei das temperaturas interiores ou exteriores. Quando tento pensar vem um vazio, uma sensação de nada, de tempo perdido. Fico imaginando como seria saltar o dia e chegar, sem rumo, diretamente no próximo. Sem memória também. Sem remorsos. Sem dores. Sem tumultos. Apenas zen.


Imagem da net

3 de papo!:

Fatima de Laguna disse...

Jacqueline já houve muitas oportunidades em que desejei que o
tempo "pulasse" tambem.
E houve esta opção de ficar zen, outras vezes fiquei muito frágil
lá no íntimo porem com grande fé.
Então garanto: há de transcorrer tudo muito bem amiga! Segue abraço forte daqui. Fatima.

Lin disse...

Jacque, parece realmente que leu meus pensamentos. Desde domingo vivo contando os minutos para chegar amanhã para então ter uma certeza que vai acalmar ou despedaçar o meu coração. Me fez bem ler esta mensagem, sinal de que não sou só eu que sinto isso. Dá um pouco mais de tranquilidade!

Um beijo cheio de luz, minha querida!

Tem um texto no meu blog que eu cito vc! Depois veja lá!

Um beijo

Anônimo disse...

Olá Jacqueline !! Antes de qualquer coisa gostaria de dizer que você além de uma ótima escritora você é muito bonita !!!
Meu nome é Daniel e compartilhamos da mesma afinidade por uma determinada música. A diferença é que você já conseguiu o prazer de se deleitar ao som da mesma e eu continuo a procurá-la. A música que me refiro é a “casa caiada”. Já procurei exaustivamente e infelizmente não obtive êxito.
Por isso que apelo a você em nome da alegria que você sentiu ao ouvir essa bela música, gostaria imensamente que se possível for você me mandasse à referida música ou me dissesse como consegui-la. Meu E-mail é dan_h32@hotmail.com
Desde de já fico muitíssimo agradecido !!
Sucesso pra você !!!!
Obs. Não trabalho com pirataria, não vendo nem músicas nem dvds ou cds, sou um professor que aprecia uma boa música nas raras horas livres... .

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails