segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

GOSTO


Alguns sabores são indeléveis como certos sinais que trazemos de nascimento... O sabor do primeiro amor. O sabor das boas lembranças. O sabor de uma torta de chocolate. O sabor de uma vitória dita intangível. O bom dos sabores assim é que eles não causam enjôo, não fogem da memória e não percutem os sentimentos. São sublimes e somam-se aos prazeres eternos e às alegrias etéreas.

(Se tem barulho por aí eu nem ouvi...)

Imagem da net

4 de papo!:

Anônimo disse...

Texto saboroso!!!
Imagem muito bela.
Aqui na praia do Mar Grosso,
passarinhos exibidos gorjeiam, trinam, assobiam exibidos...
e até um bem-te-vi me dedurando
passa correndo perto à janela...
Bj da Fatima.

rita disse...

... e tem sabores que de tão bons, nem dá vontade de provar outros, para não perdê-los.
bjos

Lin disse...

Amiga, que lindo texto!!! Sensual, sensível e perfeito!!!! Adorei!

Quanto ao coração da Srta.Lin, esse anda com o coração batendo forte, suspirando e por isso, super romântico... AI AI AI...Uma loooonga historia, depois te conto por e-mail!

Um beijo beeeem grande e uma ótima semana!!!

Jacqueline disse...

Eu fui lá... e conferi esse coração "passeadouro"...ahã..eu percebi...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails