segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

LAGUNA, A VANGUARDISTA


Ultimamente venho respirando mal devido a certas circunstâncias pré, durante e pós operatórias que me deixam muito cansada e assaz irritada. Do cansaço me recupero aos poucos com bastante repouso (o que, confesso, tende ainda a me exasperar...) e da irritação tenho tentado me livrar fazendo coisas que penso úteis. Adoro coisas úteis. Meu coração é capricorniano, então é fácil de entender (para mim) que o amor deve ser útil.

Assim, tenho respirado Laguna. Grandes e profundas respirações de Laguna, minha amada terra cheia de mar, de vento, de um ar que me faz tanto bem. E, como seria de praxe na minha rotina de amar, estou mais do que nunca amando Laguna de uma forma que lhe possa, a ela e a todos os que a amam, ser proveitosa.

Coracional deixou de ser apenas o título de meu livro... agora tornou-se Coracional, o Lagunense. E associou-se à memória da minha amada Laguna, esta mãe mais que centenária, mas tão moderna que mesmo antes da Angelina Jolie começar, ela já tinha o estilo "eu adoto" e "todos são meus filhos". E nunca fez diferença... o que gerou sentimentos coléricos em muitos de seus filhos naturais.... Ah, esta mãe!!!

Laguna sempre foi tão vanguardista que o pessoal, atrasado como só, sem se dar conta de quem ela é, passa o tempo todo escrevendo e dizendo por todo canto: "Laguna, terra do já teve!". E esquecem de um detalhezinho importante, que ela, tão bela, tão rica de encantos naturais, nem faz questão de lembrar: "...do já teve antes de todas as outras!". E depois foi em frente, tomando a dianteira de outros combates, a idéia tendo sido lançada, outros poderiam continuar... Laguna, tanto em seu ventre, tinha mais o que mostrar ao mundo.

Minha amada Laguna sempre foi parindo sem parar para lamber as crias. Seus braços sempre estavam esticados para receber os que as outras terras renegavam. Dava a todos desde muito cedo lições de cultura, humanidade, bravura, amor incondicional, despreendimento. Lições fortes demais, grandes demais para muitos que acabavam por abandoná-la, amaldiçoá-la, sem nada entender do que vivenciavam do amor daquela mãe despretenciosa e culta. Mas ela continuava, seguia seus passos comemorando em silêncio suas pequenas grandes vitórias.

Hoje, tentando reconstruir uma ínfima parte do que foi, do que tem sido a memória de Laguna, dos lagunenses, dos lagunistas, tenho encontrado no caminho seus filhos amados e que prontamente, abrem os seus braços em retorno, colaborando para que juntos, possamos reedificar algo em sua homenagem.

O que é triste é perceber o silêncio pérfido de outros. Ou as pedras dolosas colocadas no caminho por alguns. É neste pedaço da estrada que tenho reconhecido os que se deixaram levar pela invídia.

Felizmente, Laguna amada, no meu coração trago de ti tantos amigos e irmãos que este escasso contingente de invejosos logo desaparecerá até mesmo de nosso horizonte. E tudo o que estamos fazendo hoje brilhará amanhã para nossos filhos e netos como uma estrela, a estrela Laguna.


(Estou ouvindo agora o disco do E.S. Posthumus. Toca: Lepcis Magna)


Foto da net

4 de papo!:

Fatima de Laguna disse...

HUmmmmmmm... AH! Jacqueline Bulos!
Ah!Senhora Aisenman, só podias ser
tu querida, para escrever tão bela
declaração de amor.
Aí distante na Suiça nos deste um presente tão lindo com este texto.
Eu diria que até fiquei com uma pontinha de inveja da tua "cascata"
do teu jorro de amor por nossa Laguna. Mil parabéns Jacque!
Amada Laguna tão bem acarinhada
por ti poeta e escritorza que nos
orgulhas com tua sensibilidade.
Obrigada por nos lembrar de repetir:
LAGUNA NÓS TE ADORAMOS!!!
Beijo da Fatima que está te devendo,não nega, a resposta ao
e-mail. Mas voce vai receber.
Sou lenta mas respondo viu amadinha? Abraço forte, fraterno
procê e Paulão.

Anônimo disse...

OiÊêêê! Jacqueeeeeee! Eu já disse
que gostei desta "ode" a nossa querida Laguna né? Então merece um
prêmio. Acabo de voltar lá do correio.Seguiu para voce: A "Revista Laguna", o Jornal "O PHAROL",o "Jornal de Laguna", uma edição de "A Ilha" e o DVD do lançamento do nosso
"Mudanças e Permanências".
Vamos torcer para que chegue dentro
do mais breve possível!
Bj da Fatima.

Jacqueline disse...

Minha nossa... assim eu vou ficar mais do que mal acostumada... Dizer obrigada adianta?
bjãoooooo!!!

Jacqueline disse...

Recebi! Recebi! Recebi! Fátima eu recebi! Depois eu conto o resto. bjos!!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails