segunda-feira, 2 de junho de 2008

YVES SAINT-LAURENT: CLASSE É TUDO



Hoje eu estava escrevendo quando no jornal da televisão uma notícia me chamou a atenção: Yves Saint-Laurent tinha falecido. Um ícone. Não só da moda, não só para as mulheres, para todos. Um ícone de classe. Passavam na tela imagens de sua carreira e uma, emocionante, do seu desfile de despedida, com Catherine Deneuve e Laetitia Casta cantando e onde ele, emblemático, diz: "Vocês não me esquecerão".


Ele soube entrar no mundo em que viveu, viver dele e dele se retirar. Com classe. E foi no momento em que pensei nisto que me lembrei de meu avô, quando, pequena em seu colo ele já dizia ao me reclamar um bom comportamento:


- Querida do vô, meninas devem se comportar bem. E não se esqueça: há as pessoas que nascem com classe e as que nascem sem. Educação se adquire; classe, se nasce com ou não.


Esta frase se repetiu o resto da minha vida através dele mesmo, de meus tios ou de minha consciência... e hoje Yves Saint-Laurent estava lá, na tela da televisão, abraçado às suas modelos, impecável em seu estilo, poderoso em sua simplicidade, elegante em cada gesto.
Olhei para as imagens do jornal e silenciosamente me despedi dele. Pensando que o homem se foi mas que sua marca, inconfundível, certamente estará nos meus lábios, junto ao meu corpo, perfumando, vestindo, embelezando...
Bem, ele avisou que não seria esquecido!



(Estou aqui ouvindo Miles Davis e sua divina interpretação de My Funny Valentine, de 1956 - como diria o tio Jacques: Uma coisa de cinema!)
A imagem: Yves Saint-Laurent quando de sua despedida em 2002

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails