domingo, 31 de agosto de 2008

ALICE ESTÁ MORTA


O espelho devolve
imagens
que não quero ver.
Ele me dissolve...
Ou me integra...
E insiste, insiste,
em me reinventar.
Abaixo os olhos
fecho os punhos
dou dois passos
para trás.
Eu não sou eu
E se sou
Quem eu sou?
A mim
Não me importa
Eu não desejo
Espelhos
Que sejam
Portas.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails