segunda-feira, 11 de agosto de 2008

AVOAÇÃO


Andei passeando pela frente da TV com o controle remoto na mão. Daí... Daí? Como e daí? Daí que óbvio do óbvio dei de cara com as olimpíadas em mais de dez canais. Parei num canal não exatamente para ver o que estava acontecendo mas porque quis ouvir o que um chato de um comentarista esportivo acompanhado de uma chata de uma comentarista estavam falando. Ouvi uns cinco minutos e paf! Desliguei. Foi mortal! Nossa, como são chatos! Gente, alguém já percebeu como este pessoal que fica assim, digamos, na "lateral", com olhos atentos para passar os comentários, muitas vezes é drasticamente cruel?? Parecem os críticos... de cinema, de música, literários. Críticos em geral sempre parecem saber tanto sobre o assunto, mas tanto, tanto mesmo, que quando abrem a boca para falar sobre o qualquer coisa ou escrevem algumas linhas, acabam dissecando cadáver... distilando veneno. E foi mais ou menos isto que senti na voz dos comentaristas com relação aos jovens que estavam lá, os esportistas, que tentavam dar o melhor deles mesmos. Parece que menosprezavam... como se o que quizessem era estar lá no lugar deles.... É, isto. Pareciam dizer: "Se fosse eu... se eu estivesse aí, teria feito melhor". E logo depois vinha a ponta de amargura porque não eram, não estavam.
Acho que descobri porque que eu gosto do Galvão Bueno. Todo mundo senta o pau no cara, fala mau dele de todo o jeito... Tá, ele pode ser chato, falar o tempo todo e tal. Mas o cara, ele vibra real. Vibra sincero. Torce. Nem por um minuto a gente sente o contrário. E eu acho que ele se ele resolvesse ser crítico de arte seria o mesmo. Ih... olha a minha viagem... Galvão crítico de arte... Alguém aqui em casa vai dizer que tá na hora de eu ir dormir! Nada, só tô "avoando" baixo...


(Silêncio.... estou esperando o barulhinho da chuva... quero ouvir a chuva chegar....)

2 de papo!:

Anônimo disse...

Jacque não sei o que me deu. NÃO VI a abertura dos Jogos! Estava em casa, sem fazer lhufas e sabia que a TV estava mostrando, e não vi.
Acho que não sei mais ligar a TV.
Mas deixa eu te contar: tenho ido seguidamente a capital de ônibus (que eu não dirijo em BR) mas
é uma delícia colocar as músicas
no MP3, ahhhhhhhhhh como é bom ouvir música no busão! Gosto de
ir no das 7:15 da matina e após Imbituba durmo uma soneca e acordo lá na Palhoça ouvindo música.E sabe Jacque é interessante como vem idéias sobre o que escrever a partir das figuras
que entram e saem do busão...
Ah o bicho gente é muito interessante quando só vemos o que fazem e não ouvimos o que dizem (já que estamos com os fones ehehehehehe). Bjão amiga.
P.S.: aquele nordestão da manhã deu lugar a mó "ventuçú", menina
foi codiloco!!!

iara-alencar disse...

ola jacqueline,
eu nao suporto galvão bueno e sua puxação de saco e excesso de demagogia.
Agora, tem cada comentarista...
fala sério!!
eu adoro ginastica e voce?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails