terça-feira, 13 de janeiro de 2009

FRASES SOLTAS


Nestes momentos de inverno tento aos poucos me libertar de mim mesma e de tudo o que me segura longe daquilo que há de ser. Correntes, cadeados, chaves. E o peso de tanto que envolve cada pedaço de mim. Através das nuvens tento olhar o céu e dar leveza aos passos que caminham em direção à próxima estação. Raios fogem de meu interior e fulguram como em um dia de festivo. São rápidos, claros. E como na natureza tão mãe, pouco depois deles ouço o estrondo, como se tudo fosse desabar. É o coração que desanda, batendo forte, bem forte, mais forte até quase parar. E então sinto cair, uma a uma, as lágrimas, esta chuva incessante de emoções minhas. Como a neve em volta, vai derretendo o gelo de meu coração...

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails