segunda-feira, 6 de abril de 2009

Ó Ração de Todo Um Dia...


Eu rezo.
E tropeço nas linhas
erro as palavras
troco os versos
fico suspensa
no ar.
Eu rezo.
E tento encontrar
o canto ou a ponte
o vento ou o sol
um sinal de paz.
Eu rezo
e quanto mais
eu rezo
mais aguda
é a dor
e mais distante
ficam de mim
as mãos
que eu tento
alcançar.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails