segunda-feira, 13 de julho de 2009

Ir e Voltar


Ir, seja para onde for, pode até ser fácil algumas vezes.
Coisas de quedas, decisões, vontades, tropeções.
Medos primários, medos primeiros, medos vagos e trapaceiros.
Ir, pode até ser fácil, é só seguir, seguir, seguir os passos...
Erros e acertos com certeza antes já foram por ali feitos.
Mas voltar?
Voltar pode ser mais rápido, mas quem disse mais simples?
Voltar pode ser mais simples, mas quem disse menos duro?
Voltar, voltar depois de todo o caminho feito e de tudo visto.
Porque voltar, é simplesmente preciso.
Ficar não é opção.
Voltar é necessidade.
Porque estar é um estado presente, e o presente é inconstante.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails