quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Um instante antes da volta


Invadi o espaço que havia
entre você eu eu
suguei o ar
respirei seu sangue
e perpetrei enfim sem mais palavras com tudo de mim
com tudo que havia em mim
o crime perfeito.
Seu sorriso desfeito, num rito refeito.
Seu encanto quebrado.
Seu corpo dobrado
em quatro, quatrocentas partes, minhas partes, artes minhas.
Desprovido de vontades e encharcado de suor,
simplesmente cansado,
olhos desantentos visando o teto, tetando o escuro, tecendo o sono.
As mãos largadas, a transpiração escorrendo sob as costas largas,
pelos ainda eriçados, pele tremendo, bandeira minha tremulando no pico da vitória.
Totalmente entregue, subjugado, despreparado.
Tudo o que eu queria de você, tudo.
Para recomeçar meu ataque.



(Ouvindo: Lisa Ekdahl cantando "Open door", do disco Heaven, Earth And Beyond )

1 de papo!:

Faces de Mulher disse...

Bom dia Jacqueline!!!
Quando o amor se faz presente em uma poesia...
A recompensa em ler é mais valorosa...
Linda poesia!!!
BJKS...
Chrys
;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails