quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Jogo Feito


Eu luto
contra o luto.
Enfrento os silêncios
e preencho com o olhar
vagas sensações.
Estendo os braços
e além do cansaço
me finjo de alerta
e entro na festa
não querendo dançar.
Se o amanhã está dito nas cartas marcadas
e os jogos estão na mesa de ontem já feitos
Quem me diz, me garante, me dá outro jeito
De um dia sair e nem mesmo sentir a pata quebrada?


(Ouvindo Simone, que sempre tem músicas boas pra ouvir)
(Eu agradeço mais uma vez o Danilo, que tem um bom gosto imenso para imagens e que está sempre levantando a bandeira daquele maravilhoso Rio de Janeiro)

3 de papo!:

T@CITO/XANADU disse...

Temos que esquecer as exigências
de conforto ou paz. Só dois peregrinos a mais no descaminho
dos invernos.
Em sua pata quebrada, um sonho segurado.
E no meu sonho o gesto da sua pata.
P A Z !
Tácito

Pia Fraus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pia Fraus disse...

há uma espécie de determinismo quando se percebe que nada está predeterminado.

até...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails