segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Eu quero tudo!


Eu quero já.
Quero agora.
De imediato.
Como dentro do ventre eu tinha tudo.
Será?
Como criança eu achava que tinha tudo.
E tinha?
Como adolescente eu sonhava em ter tudo.
De que?
Como grande e forte eu me posicionei para ter tudo.
Mesmo?
Eu quero já, agora, de imediato.
O tempo urge, ele se encolhe, se espalha ao contrário dos ventos
e dos meus intentos.
Mas... o que é mesmo que eu quero?


(Ouvindo o som do teclado - que nem tem - ; saindo de uma enxaqueca e dedicando pra minha miguinha perdidinha ,perdidinha que nem só ela e eu sabemos nos perder assim no espaço e no mundo né miga??)

1 de papo!:

Anônimo disse...

ÉÉÉÉ´!!!!!!!!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails