quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Eu não sei mais de mim


No silêncio de mim
Não ouço nada além
Do que nuvens passando
Silêncio indiscreto
Gritando loucuras
Em meus pensamentos.
Olhos perdidos no fim
Com todos ou ninguém
Vou caminhando.
Gritos secretos
Silenciosas travessuras
Dos meus sentimentos.
Eu não sei mais de mim
Não sei mais de mim
Não sei.

2 de papo!:

Suziley disse...

Parabéns Jacqueline!!
Um abraço, :)
Suziley.

O símbolo disse...

mais uma vez ótimas sensações ao visitar este blog, cada dia melhor, mais lindo e intenso

Parabéns, até mais

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails