terça-feira, 13 de abril de 2010

Hoje (3)


Não quero mais a sexta-feira que vem. Nem o sábado. Porque então já terão passado todos os outros dias da semana, cheios de horas, de minutos, de coisas que terei vivido e estarão para trás, disponíveis apenas na memória.

Não quero julho, seu verão prometido, meus planos dentro dele. Porque meses de primavera e verão cheios do sol e do calor que aguardei com a alma gelada já estarão no passado e toda a espera não desejada pelo inverno será mais curta.

Quero hoje. Somente hoje. Este momento exato. Porque outros hojes já viraram passado, já se foram e deles só posso querer recordar e nunca mais viver.

2 de papo!:

Anônimo disse...

Paulo esteve aqui também, gostou e voltará

Suziley disse...

Somente o hoje com seus belos versos, aqui, no outono chegado e, aí, na primavera da vida!! Bom dia, Jacque, beijos, :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails