terça-feira, 24 de agosto de 2010

Coisa pouca


Tudo muito a sério
Na ponta da faca
No centro do picadeiro
Muito mistério
bate-estaca
segredo forasteiro.
Quem não brinca com a vida
e não vê a vida brincar
quem não sabe nadar
e das terras desguaritar...
Perde o sentido das falas
irrompe com medo no escuro
se atulhando como entulho
se dobrando que nem mala...
Quem não brinca com a vida
e não vê a vida brincar...
Quem não brinca...
e não sabe brincar...

2 de papo!:

Suziley disse...

Que linda imagem, que versos tocantes, que lindo presente nesta manhã, Jacqueline. Obrigada! De fato, quem não brinca com a vida, não sabe o que está perdendo...hehe!! Um grande beijo, bom dia ;)

Lorêny Portugal disse...

Espero que esteja melhor e já tomando o seu cafezinho..hehehhe
Beijos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails