sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Mãe é bicho


Mãe é bicho que sobrevive às piores tragédias. Se baratas sobrevivem aos atômicos estorvos de uma guerra, mãe sobrevive a muito mais. Mas há algo que nenhuma mãe suporta e do qual não consegue sobreviver: o mal que possa acometer seus filhos e nela se rebater. Mãe é apenas uma efusão de dor quando filhos sofrem. E outra de amor se são felizes. Mãe é pior que barata: resiste impávida a muito mais do que sua aparência possa mostrar. Mas ao contrário dos feios insetos, não sai incólume, asas inteiras. Sai de cada experiência asilada pela aflição, consolada pela dor, coração esperançado e corpo alquebrado. Mãe é bicho.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails