sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Maria e José e o outro


Ela caminhou em direção à cadeira vazia e sentou-se. A mesa não era muito grande, estava cheia de farelos e marcas de copo. Procurou com os olhos e encontrou o rapaz de camisa branca que circulava. Ergueu levemente o braço chamando muda: garçom! Ele continuou, bandeja na mão, passos rápidos em direção a uma mesa mais no fundo. Esperou e viu quando ele voltava. Ergueu mais ainda o braço na esperança que ele a visse. Viu! Veio até onde estava e sem um sorriso falou: - Levanta daí Maria! Vem ajudar a servir antes que o seu José diga de novo que táis com mania de freguesa! Ela ergueu-se da cadeira, pesada, desamassou o avental com as mãos, puxou de dentro dele um pano e começou a limpar a mesa.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails