sábado, 20 de novembro de 2010

Veemência


Silêncio de morte. Sorte lançada. Vozes dementes.
Artifícios do silêncio. Poses artificiais.
Desperdícios.
Corte!
Que se importe outro
porque aqui desta porta para dentro
o que já foi falado
não será repetido.
O silêncio já foi abduzido uma vez
e a sorte abandonada de vez.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails