segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A dançarina


Era tudo uma grande mentira. O que era. O que pensavam que era. Tudo uma grande mentira. Ela dançava para viver e um dia havia amado a música. Hoje era só uma obrigação fazer o corpo dar voltas e os sons que a guiavam nada mais eram do que notas perdidas. Músicas cansavam e seu corpo precisava urgentemente de um descanso que só o silêncio poderia trazer.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails