segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Intranquilidade


A ansiedade: toda a vontade de estar lá, não saindo daqui.

Calma!

Pular minutos, pular horas, pular dias, pular... saltar tudo.

Depois dizer: já?

Pasma!

Correr do tempo, armazenar a impaciência em vidro, consumir a agonia até a indigestão.

Aí se jogar no chão: Pra que?

Será, seria, foi...

De corpo e alma!

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails