sábado, 19 de março de 2011

Balas perdidas


Entrou em casa com a cabeça tocando o chão e as mãos nos bolsos. Enquanto cruzava a sala ia se esquivando das balas perdidas: - Pai, trouxe meu caderno? - Pai, posso ir amanhã no aniversário da Elzinha? - Pai, saiu mais cedo hoje? - E então, homem, conseguiu alguma coisa naquele emprego? Passou raspando por todas, estava já quase chegando do outro lado da sala, quase alcançando a porta do quarto, quando a última bala o pegou sem prevenir: - Pai, a mãe disse que hoje não tem janta que é pro almoço amanhã ser mais gostoso!

(Imagem: Vathath)

1 de papo!:

T@CITO/XANADU disse...

O que dizer daqueles,
que somente,
disputam as tuas alegrias
evitando o contágio
das tuas agonias?

Abraços
Tácito

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails