segunda-feira, 2 de maio de 2011

ESQUECIMENTO

Recortava ainda as raras notícias que saíam sobre ela mesma para mostrar para os visitantes aos domingos, dia de visita. Vestida de cetim ou seda, ela aguardava sempre de pé, sob a porta, como se estivesse pronta para desfilar sobre um tapete vermelho. Mas como as visitas rareavam e as fotos amarelavam, tinha momentos em que ela quase entendia a solidão lhe falar. Não caíra simplesmente no anonimato, caíra solenemente no esquecimento.


1 de papo!:

Jussara Christina disse...

Olá! Estava navegando na blogosfera e me deparei com teu blog, adorei!
Amo fazer novas amizades, conhecer pessoas, trocar idéias, novas perspectivas, algum sentido pra tudo isso aqui.
Teu cantinho é belo, cativante ... já estou te seguindo...
Se puder visita meu blog, e conheça um pouquinho desse ser complexo kkkkkk..
Abraços apertados!

*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *♥ Jussara Christina ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails