terça-feira, 21 de junho de 2011

FLOR



Na flor da idade espalhara seu pólen e seu perfume sem muita consideração, sem fixar raízes. Atualmente sentia o cair das folhas e esperava o vento que iria levar também suas últimas pétalas.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails