terça-feira, 6 de setembro de 2011

Poema Urgente

Preciso escrever um poema

urgente
... que saia da página
e vagueie as ruas
espalhando semente...
que tenha palavras malabaristas
em desequilíbrio contínuo
e latente...
que soe falso
e ecoe inverso
de tudo o que se invente...
Eu preciso escrever o poema
iminente
aquele que traduzirá
e se instalará
mesmo ausente
nos ouvidos cegos
entre os olhos surdos
das gentes
o poema fatal e fetal
que falará de amor
e de amor tão somente.



Imagem by LoveTheVoid

2 de papo!:

Universo Paralelo disse...

Com esse poema com certeza espalhará muito amor por onde passar, amei, beijos e bom dia!

Mônika . G disse...

Adorei *-*

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails