sábado, 21 de janeiro de 2012

Escultura de Gelo

Deve fazer frio lá fora
porque uma lágrima cristalizou-se sobre minha face
e agora hesita...
Não sabe mais o caminho.
Esqueceu mesmo o porquê de estar ali,
encurralada entre um olhar curioso
e um sorriso vindo dos lábios.
Em todo caso, aqui dentro está quente
dentro de mim está quente, eu sinto.
Nem é febre.
Apenas a vontade de estar bem acima de tudo
de todas as coisas.
E a lágrima, parada, quase pedra, cava um ninho:
quer permanecer, não quer cair, quer envelhecer ali.
No meio do rosto que se mostra feliz
ela se esgueira, se infiltra e vira uma escultura de gelo.
De longe, olhando parecia um sinal.
Um sinal do coração.

2 de papo!:

Camila couto disse...

Gostei muito do blog.Parabéns!

Jacqueline disse...

Obrigada Camila, fico muito contente!! bjs!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails