sábado, 28 de janeiro de 2012

Poeminha para a chuva

A chuva desce do céu
carregada da vida
que arrebanhou na terra.
Seus pingos nada mais são
do que tudo o que recolheu
pelas estradas e o chão.
A chuva chega do céu
da nuvem carregada ela dispersa
tudo o que recebeu das águas chãs
tomou dos rios, dos mares, das lagoas
e agora se solta, alegre, 
brincando...
de vez em quando se jogando forte
esbravejando junto aos trovões.
A chuva se despe no céu
e vem se agasalhar de volta
onde tudo começou.
... E eu sorrio, olho pela janela
pensando numa maneira de 
cantar um musical sob a chuva...

Imagem by best10photos


0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails