segunda-feira, 5 de março de 2012

Poeminha mulher

Formas sinuosas se serpente, 
O veneno descendo dos lábios
E o desejo entre os dentes
Fazendo de tolos os mais sábios...

Mulher, que nome tens?
Não tenho...
Mulher o que te traz aqui?
Não sei, simplesmente venho...

Pois eu te darei o nome Paixão...
Te vestirei de virtudes que já tens a beleza...
Deixarei contigo meu coração
E seguirei teus passos rumo à incerteza.



Imagem by Piisii

1 de papo!:

Sônia Amorim disse...

com veneno ou não sempre és bela e poderosa, lindo poema, beijos e bom dia

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails