quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Versos e fogão

Sou tão caseira!
Entre canetas e panelas
sou a mais arteira!
arteira
arteira
querendo o sonho
do artista...!
Fogão e coração
acesos
misturo cebolas e versos
e de tão intensos os molhos
eu até escolho
não ver resultados...
com os olhos perdidos
na imaginação
enquanto a cozinha toda
entra em ebulição!
Versos criados
alimentos queimados
e eu tão caseira...
tão arteira...
tentando versos
no universo
das panelas!


0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails