domingo, 12 de maio de 2013

MINHA HOMENAGEM HOJE: TEREZINHA

Elas foram muitas,
as mães que tive na vida.
Tiveram nomes diferentes
foram imagens e gente
foram minha guarida.
Elas foram tanto,
as mães que por mim passaram.
Foram caridosamente
as mãos e corações, as mentes
que me fizeram.
Todas eu agradeço e venero
todas eu amo e ainda quero
poder um dia abraçar.
Mas de uma tenho a particularidade
de sentir a enorme saudade
que o tempo não faz passar.
Esta última fez seu ventre minha casa
e depois de sua vida minhas asas
e me deu tudo o que tinha.
Era pura como um anjo distraído
tinha os olhos sempre lindos, comovidos
e o nome de um sorriso, Terezinha.


(Poema de maio de 2010)



0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails