quinta-feira, 30 de maio de 2013

TEU ROSTO

Teu rosto eu vejo
em meio a uma multidão.
Separo os traços, reparo em tudo, mesmo no meio de uma multidão.
De gente
de sentimentos
de emoções.
Multidões
não me separam de ti
mesmo que afaguem o medo
e criem pânico
no coração que, afolado,
se isola.
Eu te vejo e tudo muda.
Me sinto abraçada
agasalhada
preparada
para enfrentar num segundo
o mundo.
Teu rosto é meu porto seguro
pois nele está o sorriso
e a voz
que me convidam a existir.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails