terça-feira, 2 de julho de 2013

Em versos

E hoje eu me transformo em versos, uma versão de mim, reverso... o inverso daquilo que fui ou tentei ser.
Meu ser desfiando-se em palavras e rimas
cismas de ser e deixar de ser
coisas ínfimas
de se viver
íntimas
de ser
vítimas
do viver.



0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails