sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Mergulho Profundo

Mergulho lentamente nas águas que se dispõem diante de mim.
A cabeça segue o corpo.
Por instantes paro de pensar.
Todas as reflexões, preocupações, indagações
todas elas se esvaem no líquido que me acolhe.
Mergulho avidamente nas águas que me sugam sem ter fim.
Na cabeça um leve torpor.
Por instantes sinto... posso me afogar.
Todas as considerações, emoções, aspirações
todas elas se fundem no líquido que me tolhe.
Mergulho.
Mergulho.
Cada vez
mais
fundo.
E sem saber se em algum instante haverá volta
vislumbro o fundo
cada vez mais fundo
o fundo das águas.
Até recuperar as forças
e voltar
voltar 
voltar à superfície
terra firme
dos meus pensamentos.



0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails