sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Os dias e as horas



Tenho manias doces
e agonias amargas
Dias de prece
e horas estagnadas...
Vivo o dia 
vivo a noite
vivo o instante...
Sou por vezes calma
noutras afoita
carrego 
na cabeça
no coração
e nas costas
pensamentos
sentimentos
fragmentos.
No doce de certas coisas vividas
ou na agonia de outras sentidas
faço as preces
ou me calo.
Mas não deixo de viver
o dia... a noite... o instante.
Movo-me com a luz que me ilumina
e não deixo 
de seguir 
adiante.




Imagem by ineedchemicalx

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails