quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Memórias passadas

Faço as pazes com as memórias que não estão mais aqui. Ao invés de sentir o vazio. Ao invés de chorar a falta. As memórias se foram, como gotas indesejadas de uma torneira entreaberta... pingando... pingando. E agora outras memórias estão presentes. Não substituem as ausentes, apenas são outras e preenchem seus papeis. Não é não querer mais lembrar. É tão somente aprender a esquecer.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails