sábado, 12 de abril de 2014

Tempestade Interior

Tempestades interiores sempre deixam marcas. Vendavais, maremotos, terremotos, sinais incondicionais da nossa natureza que, em certos momentos, não consegue se expressar calmamente e precisa de toda fúria. Se muitas vezes é após a destruição que se constrói o melhor, é também na destruição que testamos nossa força intrínseca à alma. Para depois, lavados, quebrados, mudados, possamos nos reconstruir e reconstruir tudo a nossa volta. Novas visões, novos caminhos. Um novo ser que brota.


0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails