sábado, 24 de maio de 2014

Da paixão e dela apeneas

Paixão é o olhar
mergulhado no desejo.
Olhar que desesperado cai.
Não se esvai.
São as mãos apressadas
estabanadas
desobedecendo a razão.
Paixão é a vontade
de partir, de não, de nada, de tanto...
e esta mesma vontade transformada
em ação contrária...
É desvario.
Paixão é o sonho desperto
de olhos mais do que abertos
não querendo nunca mais dormir.
É o desejo descabido
o desejo sem querer nutrido
pelo corpo antes da mente.
E somente.
Paixão não se espera
ela é surpresa e impera
fora do coração.

Imagem by Alvaro Castagnet

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails