segunda-feira, 19 de maio de 2014

Pensando alto

As pernas cansadas denunciam um cansaço que vai além: ele vem do fundo e transparece mesmo nos olhos. As mãos se erguem poucas para o que deve ser feito e não pedem nada mais. Há que se compreender que o cansaço toma a alma antes do corpo. A mente antes do corpo. E só depois se revela, transpirando pelos poros.


Talvez felicidade seja apenas um olhar a mais sobre algo que você nem olha mais...

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails