segunda-feira, 2 de junho de 2014

Sinto muito

Sinto muito.
Sinto que as flores tenham perdido a cor e o perfume.
Sinto que o dia tenha chegado sem louvor.
Sinto muito pelas palavras ditas e mais ainda pelas palavras caladas.
Sinto tanto...
Sinto que o céu esteja estranhamente cinza em meio à primavera
e que a chuva que caiu tenha lembrado lágrimas...
Sinto muito...
Sinto que o corpo já nem reclame amores
Sinto que a alma já tenha encerrado suas preces.
Sinto muito.
Tudo o que eu queria era o dia a mais. O que não seria nunca, demais.
Queria aquele dia para poder dizer: sinto muito!
Mas eu fiz tudo o que pensei que pude e esqueci o principal:
tentar o impossível!
Sinto muito!


0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails