segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Pensando alto


Calado está meu coração. Outro dia tentou gritar e a voz não saiu. Agora se contenta em ouvir. Suas próprias batidas e as insinuações de outros corações. Assim, de coração pra coração, vozes silentes se amparam.


Sonhei contigo. Tu que não sei quem realmente és. Mas no sonho eras sorrisos, e uma voz que me acalmava e chamava. Eras o tudo e o eu também, o tudo para os teus olhos. Sonhos são eternos, ecoam na realidade com suas imagens diáfanas. E é assim que tenho te visto desde que me acordei: através dos ecos amorosos de um sonho que tive.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails