quarta-feira, 18 de março de 2015

Mãe indigna

Ah... mãe que abandona e renega os seus filhos...
que não lhes vê a abundância de amor
e lhes devota unicamente rancor...
Ah, mãe que relega os rebentos aos trilhos
sem cuidados, sem acalantos, sem toque materno
mãe que mais parece o frio do inverno...
Ah, mãe! E com tudo isto, ainda és mãe..
Com todas as faltas és ainda a mãe
a ser chamada no escuro...
a ser clamada nas dificuldades
a deixar estranhas saudades...
Mãe.

0 de papo!:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails